20 jul · Bruna Monte · Sem Comentários

Birras: o que são? Como lidar?

As mudanças brutas de humor das crianças são bem comuns e até mesmo essenciais. As famosas “birras” fazem parte do desenvolvimento e da construção de mundo de algumas crianças. Elas surgem por meio de uma frustração que os pequenos ainda não conseguem expressar bem com palavras, então utilizam o choro, grito, tapas e persistências para comunicar a insatisfação.

Esses momentos de agressividade acontecem, de acordo com a neurociência, pois a parte do cérebro responsável pela solução de problemas e reflexão ocasionalmente entra em curto-circuito durante o desenvolvimento. Ou seja, a birra nada mais é que as emoções sem controle da criança, sem nenhum raciocínio.

Como lidar com a criança nesses ataques de desespero? A melhor opção é estimular que ela raciocine, tentando lhe explicar sobre o motivo da birra ou desviando sua atenção para outra coisa.

Por exemplo, se o pequeno começou a chorar e gritar por não querer sair de casa, é importante explicar o porquê que é necessário sair naquela hora e para onde precisam ir, ajudando a criança a achar palavras para nomear seus sentimentos.

Outro aspecto importante é não ceder às birras. Se a criança faz birra porque quer o brinquedo do coleguinha, o responsável não deve consegui-lo para ele, e sim oferecer outro brinquedo ou propor que os dois brinquem juntos.

Ao ceder, a criança passa a entender que fazer birra é normal e funciona sempre para conseguir o que deseja, e ela não deve ser educada desta maneira.

É necessário fornecer ao pequeno a ideia de que há tempo e lugar para tudo, momento em que pode algo e momento em que não pode e que é preciso ter paciência e calma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + dezesseis =

Copyright © 2016 Rede Primeiros Passos